Necessidades Rosa

Necessidades Rosa

terça-feira, 16 de setembro de 2014

UTI Capilar: Um tratamento para os cabelos pós quimica



UTI Capilar é um tratamento indicado para todo e qualquer cabelo (principalmente no pós química) que está ressecado, quebradiço, elástico, poroso, com pontas duplas, frizz e volume.

Para realizar tal procedimento é necessário duas máscaras (uma mais potente e uma mais fraca) + neutralizante + shampoo que limpe bem os fios + leave in para finalizar.

Vale lembrar que a ordem da UTI não deve ser mudada
- lavar os cabelos com um shampoo anti-resíduo ou transparente - o legal é usar um shampoo que limpe realmente os fios. 
- aplicar a máscara mais potente que deve ser escolhida de acordo com a necessidade do seu cabelo. Dar o tempo de pausa.
- enxaguar e retirar o excesso de água com a toalha;
- aplicar o neutralizante em todo cabelo, incluindo raiz. Não enluvar, não pentear, não mexer. Deixar agir por 20 minutos;
- enxaguar e retirar o excesso de água com a toalha;
- agora é a vez da máscara 'mais fraca' - dar o tempo de pausa, enxaguar, retirar o excesso de água e aplicar um leave-in para proteger o fio das agressões externas.

As máscaras escolhidas para UTI devem respeitar a necessidade do seu cabelo.
Não precisa em toda UTI usar máscara reconstrutora se esse não for o pedido do seu cabelo - saber respeitar o que o fio precisa é de extrema importância no sucesso do seu tratamento.

O uso do neutralizante é para tratar o fio, equilibrar seu pH, fechar suas cutículas e findar qualquer oxidação antiga que por ventura esteja ainda fazendo efeito no cabelo - seja por causas naturais, como o sol, ou não.
O tempo de uso dentro da UTI não deve ultrapassar 20 min. O produto deve ser passado em todo fio, até na raiz. Se o couro cabeludo tiver com lesões ele deve ser evitado.

Queratina na UTI pode? Pode, o que acontece é que cabelo com excesso de queratina tem o mesmo efeito de cabelo mal tratado. Ele fica duro, sem brilho, enrijecido. Portanto se for seguir a UTI usando sempre um creme reconstrutor, é legal intercalar com uma outra máscara reconstrutora que não tem queratina - por via das dúvidas, afinal... não queremos um efeito rebote, neh?!

Importante: Quem tem henê não deve fazer UTI.

Portanto a UTI capilar é basicamente composta por duas máscaras + neutralizante + shampoo e leave in.
Primeiro: lava-se o cabelo com o shampoo de sua preferência, enxágue, retire o excesso de água dos fios e depois aplique a primeira máscara. Espere agir. Enxágue novamente, retire o excesso de água e aplique o neutralizante em todo cabelo incluindo raiz. Não esfregue, não penteie - deixe agir por 20 minutos.
Enxágue, retire a água e venha com a máscara mais 'fraca'. Deixe agir, enxágue e finalize como de costume.

Resumindo:

UTI é uma técnica que busca neutralizar o pH cabelo após uma limpeza e reposição de massa dos fios. Neutralizando (alcalinizando) as cutículas, você retém a massa por mais tempo pois evita que haja oxidação dos compostos dentro do fio. Os acidificantes selam as cutículas mas não exercem muito efeito na prevenção da oxidação. O procedimento deve ser realizado uma vez por semana durante um mês, ou seja, quatro etapas

Há algumas observações que devem ser feitas antes do passo a passo aqui:
Jamais faça durante o banho;
Use água fria em todo processo;
Proteja mucosas, peles sensíveis, etc;
Use luvas caso tenha mãos delicadas;
Grávidas não podem realizar o processo;
Se houver feridas no couro cabeludo, não faça a técnica;
Faça um teste de alergia com o neutralizante;
Não recomendado para quem tem HENÊ.

Agora vamos para a técnica:
 
SHAMPOO
 
Utilize um shampoo anti-resíduos suave, mas apenas se o seu cabelo não estiver elástico e/ou muito quebradiço. Uma segunda opção é o shampoo Johnsons, que também deixa os fios com menos frizz do que o anti resíduo. Lave 2X.
 
REPOSIÇÃO DE MASSA
É necessário repor a massa que seus fios perderam com a lavagem, ainda mais um cabelo danificado. Procure máscaras que possuam essa ação, porém, não deve haver em hipótese alguma queratina. A queratina pode exercer um efeito reverso nos fios se aplicada em excesso, pois ela age como uma massa densa sobre a fibra capilar causando rompimento onde há acúmulo.
Não há necessidade de adicionar nada à máscara de reposição. Evite usar outros produtos nessa etapa também.
 
Deixe a máscara agir por 20 minutos e enxágue bem com água fria.
NEUTRALIZAÇÃO
 
Há vários neutralizantes no mercado, cremosos e líquidos, e você pode usar tanto os indicados para o pós relaxamento quanto pós progressiva. Neutralizantes são a base de peróxido de hidrogênio e atuam graças ao caráter alcalino que selam as cutículas. Não interferem em outras químicas (exceto henê), não desbota tintas, não retira progressiva, não alisa, etc.
 
Aplique o produto nos fios (evite a raíz), e não enluve o cabelo e nem massageie, apenas passe, alinhe com os dedos e deixe agir por 20 minutos. Jamais ultrapasse o tempo recomendado. Enxágue abundantemente com água fria.
 
HIDRATAÇÃO OU NUTRIÇÃO
Agora utilize uma segunda máscara de acordo com a necessidade dos seus fios, sendo hidratação ou nutrição. A etapa é apenas para dar mais emoliência, use uma máscara leve e simples nesse final. Fios secos e opacos precisam de máscaras hidratantes, e fios porosos e volumosos, máscaras de nutrição.
Deixe a máscara agir por 20 minutos, e enxágue bem.
FINALIZAÇÃO E SECADOR
Use um leave in ou leave on (a diferença que é o IN cuida do interior dos fios e o ON protege de agressões exteriores) Esses finalizadores auxiliam no controle do frizz. E SEQUE os cabelos pois eles ficam fragilizados quando molhados. Não use chapinha, porém escova pode ser feita.

A Dieta Paleo

A Dieta Paleo não é um regime revolucionário, é apenas uma dieta que promove o emagrecimento natural, de forma simples e inclusive ajuda a evitar e curar diversas doenças. 
 
Quem está acima do peso e busca emagrecer rapidamente, realizando dietas e regimes que as vezes até funcionam, mas acabam com o seu organismo, tem como resultado final o efeito sanfona, entre outros fatores que mexem até com o seu psicológico. Perder peso com saúde é a melhor maneira, pensando nisso vamos apresentar a Dieta Paleo e entender porque ela, apesar de não ser novidade, é totalmente funcional.
 
O que é a Dieta Paleo e como funciona?
 
Você já parou para pensar que os nossos ancestrais da era Paleolítica (paleozóica) tinham uma dieta baseada em carnes e frutas, e ainda sim eram muito resistentes a toda vida primitiva? No tempo paleozoico eles viviam em situações precárias, e venceram, deixando todas as gerações do mundo atual. Mas qual era o seu segredo para tanta vitalidade, força e por ter um corpo saudável?
 
É pensando neste assunto, que hoje iremos falar um pouco mais sobre a Dieta Paleo, uma dieta que tem como fundamento, seguir os padrões da era primitiva de mais de 300 milhões de anos atrás, onde o ser humano vencia com força dia após dia os predadores e era capaz de se manter esbelto, ter agilidade, energia e disposição. Fatores fundamentais para a sobrevivência na época, pois caso contrário deixava de ser caçador e viraria uma caça.
 
A Dieta Paleo é uma dieta muito simples, tão simples que não exige um regime, e nem que você fique controlando todas as suas calorias diárias. Ela influencia você a comer corretamente e com qualidade. Evita alimentos que sejam prejudiciais a nossa saúde, como os industrializados, os quais não existiam na era Paleo, e principalmente carboidratos, que além de engordar podem lhe trazer a tão temida diabetes.
 
Os resultados desta dieta se tratando de emagrecer com saúde e rápido, são praticamente imediatos.
 
O que comer na Dieta Paleo? 
 
Alimentos Permitidos:

A dieta consiste basicamente em se alimentar de carne (proteínas), todos os tipos de carnes, com Omega-6 baixo, vísceras (fígado, rim, coração, cérebro, glândulas, frango, peixes e frutos do mar ricos em Omega-3 e também de frutas, vegetais, manteiga e azeite de oliva a vontade.
Também é liberado comer em poucas quantidades: Arroz branco, cenoura, batata, banana, tapioca, beterraba e batata doce. Leite de coco, mecadâmia e abacate.

Essa alimentação primitiva tem por base que nossos ancestrais eram caçadores e coletores, ou seja, se alimentavam somente de carnes e frutas, alimentos totalmente naturais.
Temperos: Se possível evitar o sal, por ser um produto refinado. Quando muito necessário, incluir o mínimo possível (1 pitada). Cebola, salsinha, alho, ervas e cebolinha
Bebidas permitidas: Café, Chás e Água.

O que NÃO comer na Dieta Paleo? 
 
Alimentos Proibidos:

Nesta dieta você deverá evitar grãos de trigo, soja e seus derivados. laticínios, bebidas industrializadas como cerveja, refrigerantes, sucos não naturais etc. Açúcares, biscoitos, óleos industrializados, de vegetais, feijão, legumes, salgados, massas, bolos e praticamente tudo que for industrializado.

Lembre-se de que a dieta é Paleo, ou seja, tudo deve ser o mais natural, mais primitivo possível.

Fonte da imagem:  www.perfecthealthdiet.com


Por que fazer a Dieta Paleo?

O corpo humano foi “programado” a centenas de milhares de anos, a ter por base uma dieta praticamente composta por proteínas e gordura animal. Esta era a nossa fonte de energia no início de nossa era, o que nos dias atuais seria se alimentar basicamente de aves, peixes, bovinos e gorduras de origem animal não processadas.

O conceito Paleo é focado no que nosso corpo foi instruído nas eras primitivas, que serviram de alimento e fonte de energia durante milhões de anos, até alguns séculos atrás, antes da criação de indústrias. Com a dieta Paleo você se sente livre para alimentar-se bem, ficando satisfeito e com uma paz interior de que está fazendo a coisa certa.

Saiba que o nosso organismo tem a capacidade de gerar açúcar (glicose) a partir das proteínas e gorduras de origem animal que ingerimos. Então ficar sem comer doces não irá lhe fazer falta nenhuma.

Mas saiba que você poderá entrar na dieta Paleo com calma, não precisa largar tudo que é industrializado e todos os doces de uma só vez, nesta dieta o extremismo está proibido! Vá tirando isto da sua alimentação gradativamente, até que não sinta mais a necessidade. Mas lembre-se de que você vai precisar eliminar, não adianta manter velhos hábitos achando que está resolvendo e que vai conseguir emagrecer.

A verdadeira dieta de proteína

Nosso organismo acumula gordura no corpo como fonte de energia em casos de emergência. Quando ingerimos altas quantidades de carboidratos, o organismo finge que queima eles, e em seguida já lhe da fome novamente, sempre querendo mais, assim você vai lá e come de novo, e todas essas gorduras “queimadas” dos carboidratos, são acumuladas no seu corpo, visto que você nem gastou e já “renovou” a sua fonte de energias.

Passando a ingerir proteínas, seguindo a dieta Paleo, o corpo na primeira semana vai sofrer um pouco, pois estava acostumado a sempre ter uma fonte seguida de “energia”, e com a ausência dela, passa a queimar de verdade, por um período de longa duração, os alimentos que demoram mais a serem dissolvidos por nosso organismo. Com o passar dos dias o seu corpo se acostuma com a nova maneira de se alimentar e resultado é emagrecimento com saúde. Ele também passa a ter mais disposição física, melhora do bem estar, e consequentemente, a prevenção de doenças.

Mas a dieta paleo é contra a ingestão de carboidratos (açúcar)?
Não. Como já citamos, nossos ancestrais eram também coletores. Nas frutas existem boas fontes de carboidratos, o que a paleo propõe é a diminuição drástica de açúcares, eliminando os industrializados, comendo apenas frutas. Ou seja, trocando a fonte principal de alimentação (carboidratos) por carnes (proteínas).

Mais uma da Série DIETAS! A Dieta Dukan


Mais uma da Série DIETAS!!!! E a da vez, não podia faltar, é a Dieta Dukan
A Dieta Dukan, foi criada pelo francês Pierre Dukan, autor do livro “Eu não consigo emagrecer”. A dieta dukan ficou famosa depois de ser adotada por algumas celebridades, entre elas a princesa Kate, e já conquistou milhares de adeptos em todo o mundo.
Primeiramente esteja preparada para mudar sua rotina, você tem que estar disposta a mudar sua relação com a alimentação, precisará comprar alimentos diferenciados, preparar receitas novas e ter muita disciplina. O segredo está na determinação, é um desafio e você deve encará-lo com seriedade.
A dieta é feita em quatro fases: duas para emagrecer (Ataque e Cruzeiro) e outras duas para manter o peso alcançado (Consolidação e Estabilização)
Como toda dieta, existem alimentos que não serão permitidos, mas em contrapartida todos os alimentos permitidos em cada uma das fases de emagrecimento podem ser consumidos à vontade.
Dieta Dukan passo a passo: introdução e as 4 fases do método Dukan
Introdução: Para todas as fases da dieta
– Esqueça a gordura, qualquer tipo de gordura é terminantemente proibida nessa dieta, mesmo o azeite. Use limão, ervas, condimentos ou pimentas para temperar os alimentos, esqueça também qualquer tipo de fritura.
– Corte ou diminua drasticamente o sal, ele retém líquidos e dificulta o emagrecimento.
– Quando falarmos em ovo, estaremos falando apenas da clara, a clara é proteína pura. Já a gema, possui gordura e carboidratos, nada de gemas.
– Nada de frituras, carnes devem ser consumidas assadas, grelhadas ou cozidas. Não existe fritura nesta dieta.
– Farelo de aveia deve ser ingerido diariamente. Apesar de ser carboidrato, ajuda a garantir uma energia mínima ao corpo, ajuda o trânsito intestinal e, elimina alguma gordura que possa encontrar no sistema digestivo. Use 1,5 colheres de sopa na fase de ataque, 2 colheres de sopa na fase de cruzeiro e 3 colheres de sopa nas fases de consolidação e estabilização definitiva.
– Beba, no mínimo, 2 litros de água, todos os dias.
– Comer à vontade não significa comer à vontade. Não passe fome, mas não exagere.
– Chicletes sem açúcar ajudam a mascarar a vontade de comer doce. Eles ajudam a controlar a ansiedade e manter a boca cheia.
– Se bater o desespero por um refrigerante, beba um refrigerante zero. Pode ser Coca Zero, Guaraná Diet ou H2OH de limão.
– Esqueça as bebidas alcoólicas. Siga o lema do AA: nem um gole, nem um dia.
– Exercite-se. Faça caminhadas diárias de, no mínimo, 30 minutos.

Fase 1: Ataque
Nesta fase que pode durar de dois a dez dias, além de ingerir 1,5 colheres de farelo de aveia diariamente, você só pode comer proteína pura: carnes diversas, aves, miúdos, peixes, frutos do mar, proteínas vegetais, presunto magro, peito de peru light, ovos, laticínios desnatados, iogurtes, queijo minas (0% gordura), café, chá e mostarda.

Alimentos permitidos na fase ataque
  • Boi: com exceção do entrecosto, da costela
  • Vitela grelhada
  • Aves: Todas as aves (pele excluídas), com exceção de aves como pato e ganso
  • Carnes magras: Acém, musculo, carne moída com até 10% de gordura, alcatra, etc. Toda gordura visível contida na carne deve ser eliminada.
  • Vísceras: Fígado e rim – consumir no máximo uma vez por semana por ser rico em colesterol.
  • Peixes: Todos os peixes sem exceção
  • Frutos do mar: Todos os frutos do mar: mariscos e crustáceos
  • Presunto magro: Frios de baixo teor de gordura e sem pele (entre 2 e 3% de gordura)
  • Ovos: Você pode consumir com segurança 2 por dia. A clara do ovo pode ser utilizada sem qualquer restrição (limitar o seu consumo de 3 ou 4 gemas por semana, no caso de níveis elevados de colesterol).
  • Laticínios: Devem ser magros, ricos de proteína e desprovidos de gordura como o Leite desnatado, queijo cottage a baixo teor de gordura. Queijo fresco – Cream cheese – Todos iogurte 0% de sabores naturais – Requeijão com até 4,5% de gordura – Todos os produtos lácteos com baixo teor de gordura. Laticínios com gordura maior de 7%, são considerados tolerado na porção de 30 gramas.
  • Proteínas vegetais: Tofu (o máximo de gordura 8%) seitan e konjac.
  • Liquido: Água, chá, café, chás de ervas, refrigerante com um máximo de uma caloria por copo, é recomendado o consumo de 1-3 latas por dia de Coca-Cola light ou zero. É recomendado consumir no mínimo 1,5 litros de água.
  • Complementos: Adoçante (máximo 10 colheres por dia) Adoçantes autorizados: Sucralose também conhecido como Splenda nos Estados Unidos e é também conhecido pelo nome de E955 – adoçante Canderel – os Hermesetas adoçante – o xilitol (extrato de bétula) – Stevia, os líquidos e Taeq e Tal & Qual (muito bom para o cozimento), a sacarose Maltitol.
  • Frutoses são proibidas!
  • Acessórios: Vinagre, especiarias, ervas, cebola (apenas como tempero), alho, conservas (apenas como condimento), limão (não como uma bebida), sal e mostarda (uso moderado, devido à retenção de água).
  • É recomendado mastigar chicletes e balas sem açúcar, no máximo 5 por dia.
  • Farelo de aveia: Na primeira fase a quantidade permitida de farelo é de 1 colher e meia por dia, de preferencia consumir pela manha e no máximo até a hora de almoço.
  • Farelo/Fibra de trigo: É recomendado para pessoas com prisão de ventre, dose diária de 1 colher por dia. Não é obrigatório.
Não é permitido a ingestão de nenhum alimento além dos que estão incluídos nesta lista.
Fase 2: Cruzeiro
Esta fase da dieta Dukan dura até que você alcance o peso desejado. Esta fase é um rodízio de duas dietas: a dieta da fase de ataque e a famosa dieta do grelhado com salada. Ou seja, um dia de proteína pura e outro dia de proteína pura com alguns legumes e vegetais, sempre alternando, por exemplo:
– dia 1: proteína pura
– dia 2: proteína pura + legumes e vegetais
– dia 3: proteína pura
– dia 4: proteína pura + legumes e vegetais
– até chegar ao peso desejado

Alimentos permitidos na fase cruzeiro
  • Todos os alimentos da fase Ataque.
  • Farelo de aveia: Na segunda fase a quantidade permitida de farelo é de 2 colheres por dia, de preferência consumir pela manhã e no máximo até a hora de almoço.
  • Legumes: Todos os legumes com exceções
  • Exceções: alimentos ricos em amido (batata, arroz, milho, todos os tipos de ervilhas, grão de bico, feijão e lentilha) não estão entre os alimentos permitidos.
  • Permitidos mas com limitações: O consumo de cercefi, cenouras, alcachofras e beterrabas será limitado a um máximo de 200 g, uma vez por semana).
  • Azeite: A partir da fase cruzeiro é permitido consumir 1 colher de azeite por dia
  • Alimentos tolerados: A partir da fase cruzeiro é permitido consumir dois alimentos tolerados por dia (consulte abaixo)
  • Semente de Chia: 1 Colher de sopa por dia, 30 min antes da refeição (almoço, café da manhã ou jantar)
Lista de Alimentos Tolerados
  • Iogurte com fruta 0% (1 unidade)
  • Iogurte de soja ao natural (1 unidade)
  • Proteína de soja texturizada (30 gramas crua)
  • Farinha de soja ou amido de milho ( 1 colher de sopa – 20 g)
  • Polenguinho Light (1 unidade)
  • Queijo, máx 7% de gordura (30 g)
  • Leite de soja (1 Copo – 150 ml)
  • Actimel Zero (1 unidade)
  • Molho de soja Light (1 colher de chá)
  • Salsicha de frango ou peru, máximo 10% de gordura (100 g)
  • Goji Berries: (1 colher de sopa no ataque, 2 no Cruzeiro e 3 na Consolidação)
  • Vinho no preparo de alimentos, com a panela destampada para evaporar (3 colheres)
  • Creme de leite light máximo 3% de gordura – 1 colher de sopa
  • Leite condensado diet (3% de gordura) 1 colher de sopa
  • Cacau em pó sem açúcar (1 colher de sopa) No site oficial a medica correta é uma colher de chá, porém é muito complicado contabilizar essa medida, como tivemos experiencias de pessoas que emagreceram mesmo consumindo uma colher de sopa, essa medida será mantida.
  • Óleo (3 gotas)
Fase 3: Consolidação
A fase em que você precisará de toda a sua determinação. Esta fase dura 10 dias para cada kg eliminado, ou seja, se você perdeu 5kg, deve seguir a fase de consolidação por 50 dias. A boa notícia é que alimentos como arroz, frutas e pão voltarão para o cardápio, e você também terá dois jantares sem regras, você poderá comer tudo que quiser.

A partir desta fase, até o fim de sua vida, toda 5ª feira será uma 5ª feira de ataque. Você não comerá nada além de proteína pura às 5ª feiras, para sempre. Nesta fase você poderá comer, todos os dias -com exceção da 5ª feira-, as proteínas da fase de ataque, os legumes e verduras da fase de cruzeiro, e:
– 1 fruta por dia (não vale banana, uva e cereja)
– 2 fatias de pão integral por dia
– 40g de queijo com gordura
– 2 porções de massa/amido por semana
– 1 porção de carne de porco por semana
– 2 refeições de gala por semana (entrada, prato principal, sobremesa e o melhor vinho da casa)

Alimentos permitidos na fase consolidação
A terceira fase da Dieta Dukan, vai consolidar o seu peso, que ainda é instável, deve durar 10 dias por quilo perdido, ou seja se foram perdidos 10 quilos, a fase de consolidação deverá durar 100 dias.
Na fase de consolidação serão introduzidos os carboidratos, pães integrais, queijos, fruta, e jantar de gala. Já não é mais necessário alternar dias de Proteína Pura com dia de Proteína e Legumes, pois os legumes são liberados. Porém um dia na semana deverá ser de Proteína Pura, para o resto da vida.
A fase de consolidação é dividida em duas partes. Vamos usar o exemplo citado anteriormente, se a fase de consolidação durar 100 dias, esses dias devem ser divididos por dois, a primeira fase será de 50 dias, nela será permitido apenas um jantar de gala por semana e uma fruta por dia, já na segunda fase de 50 dias, você poderá fazer dois jantares de gala por semana, (porém não devem ser feitos em dias seguidos, entre os dois jantares de gala deve haver um dia de Proteína Pura) e consumir duas frutas por dia.
A partir da fase de consolidação você terá direito a:
  • Jantar de Gala: Café da manhã, almoço ou jantar livre. No jantar de gala, você pode preparar qualquer receita, sem nenhuma restrição, incluindo a sobremesa, 1 taça de vinho, mas não pode em nenhuma hipótese repetir o prato, pode caprichar na porção.
  • Frutas: Estão liberadas com exceção da banana, uva e cereja. Deve ser de tamanho médio, por exemplo: uma maça, dois kiwi, etc…
  • Pão integral: Duas fatias por dia
  • Queijo: Pode consumir 40 gramas queijo (Tente não ultrapassar os 40% de gordura. Se você encontrar um queijo que lhe agrade com 30%, aumente para 50g; 20% – 55g e 10% – 60g)
  • Feculentos: Duas porções por semana. Ex: massa, cuscuz, arroz, batatas, sêmola, lentilhas, ervilhas…. (Dê preferencia aos produtos integrais, nada de manteiga e óleo)
  • Quintas proteicas: Um dia na semana de Proteína Pura – Obrigatório
  • Farelo de Aveia: 2 colheres e meia por dia
  • Alimentos permitidos: Todos os alimentos do Ataque e do Cruzeiro
  • Tolerados: 3 porções diárias (Consulte abaixo)
Lista de Alimentos Tolerados
  • Iogurte com fruta 0% (1 unidade)
  • Iogurte de soja ao natural (1 unidade)
  • Proteína de soja texturizada (30 gramas crua)
  • Farinha de soja ou amido de milho ( 1 colher de sopa – 20 g)
  • Polenguinho Light (1 unidade)
  • Queijo, máx 7% de gordura (30 g)
  • Leite de soja (1 Copo – 150 ml)
  • Actimel Zero (1 unidade)
  • Molho de soja Light (1 colher de chá)
  • Salsicha de frango ou peru, máximo 10% de gordura (100 g)
  • Goji Berries: (1 colher de sopa no ataque, 2 no Cruzeiro e 3 na Consolidação)
  • Vinho no preparo de alimentos, com a panela destampada para evaporar (3 colheres)
  • Creme de leite light máximo 3% de gordura – 1 colher de sopa
  • Leite condensado diet (3% de gordura) 1 colher de sopa
  • Cacau em pó sem açúcar (1 colher de sopa) No site oficial a medica correta é uma colher de chá, porém é muito complicado contabilizar essa medida, como tivemos experiencias de pessoas que emagreceram mesmo consumindo uma colher de sopa, essa medida será mantida.
  • Óleo (3 gotas)
Fase 4: Estabilização definitiva
Aqui você volta à sua rotina normal de alimentação, com a exceção da 5ª feira de ataque, onde você só comerá proteína e deverá também comer 3 colheres de farelo de aveia por dia.

Não deixe de fazer exercícios e beber bastante água. Não esqueça do que você aprendeu nas 3 primeiras fases da dieta Dukan. 
Seja magra pra sempre!

Petrolatos, parabenos e sal: o que você está usando no seu cabelo?

O que você usa nos seus cabelos, na boca e na pele? 

 
Já parou para pensar no que significam todos aqueles nomes em letrinhas miúdas nos potes e caixas de cosméticos? Não? Então tome um tempinho agora para aprender um pouco ou para refrescar a memória, caso já tenha ouvido falar nisso antes. Vale a pena!
Petrolatos ou Óleo mineral
 
Petrolatos são subprodutos do petróleo. Encontrados sob o nome de petrolatum, mineral oil e paraffinum liquidum, são amplamente usados em cosméticos capilares, faciais e corporais, devido ao baixo custo e a sensação de hidratação a curto prazo. Isto ocorre porque o petrolato é um lubrificante natural, que dá a impressão de cabelo mais nutrido e desembaraçado, pele mais macia... no entanto, a médio e longo prazo, ele encapa o fio de cabelo, impedindo a entrada de água e retendo sujeiras, daí a necessidade de usar um shampoo antirresíduos (de pH alto) para limpar profundamente os fios.
Podem vir denominados nos rótulos dos produtos como: Óleo mineral, Vaselina, Parafina líquida, Petrolatum, Petróleo liquefeito, Óleo de parafina. 
Os petrolatos também são prejudiciais à pele, podendo levar ao entupimento dos poros e envelhecimento precoce, pois, não possuem nenhum teor hidratante ou efeito nutritivo.
Como vocês sabem, hoje em dia existem várias opções de shampoos, condicionadores, máscaras para todas as etapas do cronograma e finalizadores que não levam petrolatos na composição. E, felizmente essa indústria com produtos 100% naturais tem crescido, deixando bem mais acessíveis.
As empresas se utilizam deles em seus cosméticos apenas pela finalidade lucrativa (são extremamente baratos), e servem de emolientes em seus produtos, fazendo render muito mais.
Não confundir petrolatos com silicones insolúveis! Apesar de ambos encaparem os fios, os silicones são substâncias sintéticas, derivadas do silicato.
Entendem agora o porquê de fazer uma umectação com óleos 100% extravirgens e vegetais???
Parabenos
 
Parabenos são conservantes.
Há uma grande polêmica em torno destes compostos (que são utilizados não somente em cosméticos, mas em medicamentos e até em alimentos) pois são apontados como substâncias potencialmente carcinógenas.
 
"Carcinógeno" é o que pode causar câncer; "cancerígeno" refere-se a uma célula com câncer. 
Mas que fique claro uma coisa: praticamente tudo que nos cerca pode ser chamado de potencialmente carcinógeno.
O câncer é uma doença conhecida e estudada há pouquíssimo tempo e portanto, na maior parte dos casos, só se pode teorizar sobre o potencial carcinógenos de uma substância, já que as mutações celulares podem demorar dezenas de anos para acontecer, sem contar que estamos expostos a um sem-número de substâncias ao longo da nossa vida e, excetuando-se os elementos altamente radioativos, que causam uma mutação celular muito rápida, e algumas substâncias que deterioram o organismo em poucos anos, como o cigarro, não se pode dizer com certeza que algo aumenta a propensão ao câncer.
 
Mas, fora essa polêmica, é preciso dizer que os parabenos, principalmente se ingeridos ou em contato prolongado com a pele (como em desodorantes e hidratantes corporais), podem causar anomalias endócrinas (atividade hormonal desregulada); além disso, poluem a água. Como é difícil encontrar outros conservantes menos maléficos e que tenham um custo razoável para a produção e venda, atualmente a melhor alternativa é procurar produtos mais naturais, sem conservantes.
 
Sal

Um shampoo sem sal é um shampoo sem adição de cloreto de sódio, o sal de cozinha, responsável por fazer bastante espuma. No entanto, isso não significa que ele é livre de outros sais que são piores para o cabelo.
 
O grande benefício dos produtos sem cloreto de sódio é: desbota menos o cabelo tingido. Se você já molhou seu cabelo no mar sabe que isso não causa nenhum dano estrutural nos fios (tipo enfraquecimento por perda de queratina), só um ressecamento que é fácil de reverter. Isso devido à quantidade absurda de sal no mar; seu shampoo com sal tem uma porcentagem muito menor sal.
 
Outra coisa importante: se você nota que seu cabelo cai mais na praia que o normal, use bastante protetor solar capilar no couro cabeludo. É o sol fritando a sua cabeça que causa isso, não o sal do mar. 
 
Se você quer um shampoo mais saudável para os fios, procure um sem sulfatos.

domingo, 14 de setembro de 2014

Os aplicadores de máscaras de cílios: Qual devo usar??

A maquiagem não para de evoluir, a cada dia aparecem novidades e mais novidades no mundo da make, seja na forma de se maquiar ou nos produtos usados. É claro que nem sempre dá pra acompanhar a risca todas essas novidades e um detalhe ou outro acaba passando desapercebido.
Os tipos de aplicadores de máscara de cílios são um bom exemplo disso, sabemos que existem vários deles, mas nem todas sabem qual a função de cada um.

E qual a função de cada um deles então?



1. A máscara para cílios com muitas cerdas próximas é ideal para dar volume aos cílios.
 
2. Cerdas longas e duras servem para pentear e alongar os cílios.
 
3. Escovinha e pente alongam e dão volume aos cílios.
 
4. As cerdas médias e duras são ideias para quem já tem os cílios muito curvados, pois ele penteia e alonga sem curvar muito.
 
5. O pente alonga e penteia os cílios, deixando-os bem separados.
 
6. As cerdas alternadas são uma ótima opção para quem tem cílios curtos e com pouca quantidade, pois elas definem e alongam os cílios.
 
7. Cerdas curtas e duras alcançam os cílios desde a raiz, penteiam e alongam.
 
8. A máscara para cílios em formato de ouriço é ótima para passar nos cílios inferiores e dos cantos dos olhos.
 
9. Cerdas em gota dão volume e separam os cílios.
 
10. Cerdas curtas e grossas dão volume aos cílios devido ao produto retido entre as cerdas.
 
11. A escova curvada em C serve para alongar e curvar os cílios.
 
Agora é só identificar o aplicador mais útil para os seus lindos cílios.

Deixe aqui nos comentários a sua opinião e o qual produto você gostaria de ver resenhado aqui!

Um super beijo e fiquem com Deus, amores!

Vamos montar o nosso kit básico de maquiagem?

Aqui você vai encontrar dicas do que não pode faltar no seu kit de maquiagem, aqueles produtos essenciais e que fazem toda a diferença na hora da produção.

Antes de começar a se maquiar, a pele deve estar limpa e preparada para receber a maquiagem, isso vai influenciar na duração da make depois.

1º passo - primer
Prepare a pele com um Primer. Ele suaviza pequenas imperfeições e poros dilatados deixando uma textura aveludada na pele e prolongando a duração da make.



2º passo - base
Primer aplicado, agora é hora da base, ela é essencial para uma boa make. A base uniformiza o tom da pele escondendo pequenas manchas.


3º passo - Corretivo
O corretivo vai corrigir as imperfeições mais difíceis de esconder como olheiras, espinhas e manchas mais escuras.
Existem corretivos nos tons da pele e corretivos coloridos.

4º passo - Pó
O pó é mega importante, ele finaliza a pele deixando um toque aveludado e sem brilho. Fixa a base e deixa um efeito mate na pele. Use com moderação pois o excesso pode deixar a make pesada.

5º passo - Blush
O blush é responsável por dar cor ao rosto e deixa a pele com aspecto mais saudável. Aplicado da forma correta ele pode revitalizar a fisionomia, transformar o formato do rosto e realçar a pele. Tome muito cuidado na hora de aplicar o blush, em excesso ele deixa aquele efeito "chinelada" que estraga toda a make.

6º passo - Lápis de olho
É um dos produtos de make mais usado, até as menos vaidosas tem um lápis de olho preto num cantinho da gaveta. Ele tem o poder de destacar o olhar, aumentar olhos pequenos ou diminuir olhos grandes. Dê preferência aos modelos que já vem com o esfumador, assim você poderá suavizar o traçado e deixa-lo mais natural.

7º passo - Sombras
Outro item mais que essencial. É o que vai dar a cor e diversidade a sua make.
Existem texturas diferentes de sombras, como as em pó, as compactas, as cremosas e outras. As cores são diversas também, mas algumas são coringa e combinam com tudo: as cores neutras. Com as neutras não tem erro na hora de combinar. 

8º passo - Máscara de cílios
O famoso "rímel" não poderia faltar. Ele levanta o olhar, alonga e dá volume aos cílios. Após o lápis de olho e a sombra ela finaliza o olhar com chave de ouro.

9º passo - Batom
O produto de beleza mais popular. Ele dá cor, brilho e realça os lábios, além de auxiliar na hidratação.

10º passo - Arrase!!! 
Agora que você conhece os elementos chave para uma make básica e perfeita é só sair por aí linda, maquiada e arrasando.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Cronograma Capilar: O que ele faz pelos seus cabelos

O tratamento queridinho das blogueiras tem fundamento?? Dá para melhorar a aparência dos fios com hidratação, nutrição e reconstrução.
Mas não existe milagre!
 
O que é o Cronograma Capilar?
 
O cronograma capilar é uma espécie de planejamento, uma agenda de cuidados com os fios onde você vai planejar sua rotina de tratamento, o que inclui hidratação, nutrição e reconstrução, com o intuito de sanar as necessidades dos seus cabelos.

Atualmente, é muito fácil conseguir os cabelos dos sonhos: morenas podem ficar loiras, crespas podem ficar lisas e por aí vai. No entanto, além de exigirem tempo e dinheiro, esses processos químicos danificam os fios, o que faz o resultado pós-salão durar pouco tempo.
 
Com a intenção de recuperar os fios, muitas mulheres apelam para o chamado cronograma capilar, um programa de quatro semanas que reveza máscaras capilares com três finalidades: hidratar, nutrir e reconstruir os fios. Embora seja comum encontrar blogueiras jurando de pés juntos que esse processo recupera os fios quimicamente danificados, não existe milagre.
Antes de comprar todos os cremes e decidir se jogar de vez no regime capilar, é importante entender qual a finalidade de cada etapa. Os produtos hidratantes se depositam sobre os fios e impedem que a umidade vá embora com facilidade. Os nutritivos repõem os lipídios nos fios ressecados. Já os reconstrutores são específicos para quem realmente tem cabelos danificados, pois visa a reposição da queratina perdida.
 
Máscaras nutritivas costumam ser carregadas de óleos essenciais e vitaminas. Já as máscaras reconstrutoras são identificadas por conter proteínas, como colágeno. As primeiras funcionam ao depositar os nutrientes no interior das cutículas capilares. Já as reconstrutoras costumam criar um filme proteico nos fios, selando as cutículas e segurando os nutrientes dentro do fio.
 
O cabelo hidratado também é mais resistente. De acordo, a hidratação frequente dos fios - a cada 15 dias, em média - diminui a quebra dos fios e ainda os deixa com aspecto mais saudável. Por esse motivo, é interessante caprichar nas hidratações quando a exposição a um ambiente agressivo é certa. O mesmo vale para tintura do cabelo e outros processos químicos.
 
Em seguida à hidratação, o cronograma capilar sugere que sejam usadas máscaras de nutrição e reconstrução, mas isso não vale para todo mundo. 
Mesmo que a máscara seja de boa qualidade, é importante ressaltar que, uma vez que o cabelo tenha sido quimicamente alterado, ele não volta ao seu estado natural.
 

Então, o que o cronograma capilar faz? 
A reposição de proteínas e nutrientes prometida existe, sim, mas é uma “maquiagem” que se deposita temporariamente nos fios. Para quem tem carência de nutrientes nos fios ainda virgens, pode ser indicado o uso de suplementos alimentares via oral - sempre com indicação médica. Já quem fez algum processo químico nos cabelos e quer que eles voltem a ser saudáveis como antes, paciência: eles só se recuperam completamente ao nascer de novo.